Início
II Jornada de Nutrição e Psicologia

II Jornada de Nutrição e Psicologia

No dia 18 de maio comemora-se, no Brasil, o dia da Luta Antimanicomial. Nesta data levanta-se inúmeras discussões acerca da luta pelos direitos das pessoas com sofrimento mental, valorizando a liberdade, o convívio com a sociedade, além do direito de receber cuidado e tratamento sem que para isso precise abrir mão do seu direito de ir e vir. Esse movimento tem como um de seus objetivos, conscientizar acerca da substituição de hospitais psiquiátricos tradicionais por serviços abertos de tratamento e atenção que atenda as demandas de cuidados necessários para a pessoa com sofrimento mental.

O movimento da Luta Antimanicomial teve início no ano de 1987, e, embora não seja instituído judicialmente, tem ganhado adeptos representativos e legítimos, tais como, médicos, psiquiatras, psicólogos e deputados, que lutam pela Reforma Psiquiátrica. Diante disso, a Coordenação do curso de Psicologia e Nutrição da FARJ propôs um debate acerca do tema. Esse debate foi realizado nos dias 16 e 17 de maio de 2018 das 19:00 às 22:00, e contou com especialistas e adeptos da luta antimanicomial.

No evento foram discutidos temas como:

16 de maio de 2018

História e Desafios da Luta Antimanicomial e da Reforma Psiquiátrica Brasileira

-Palestrante: Carlos Kruschewsky

Práticas Integrativas e complementares aplicadas a Saúde Mental: uma prática de humanização.

-Palestrante: Edna Carneiro

Foucault e a saúde Mental

-Palestrante: Tiago Soares

17 de maio de 2018

Projeto “Movimento de Rua”

-Palestrante: Edcarlos

A importância da Nutrição na Saúde Mental.

-Palestrante: Yandra Ysnara de Almeida Carneiro

Saúde Mental em Riachão do Jacuípe: Desafios e perspectivas

-Palestrante: Marcos Paulo (Coordenador Caps – Riachão do Jacuípe)

O evento teve certificação de 10 horas.

Comentar

*

*